15 maio 2010

Broto Verbo - Biografia


Broto Verbo é um projecto de Electrogoth do Portugues de Leiria Carlos Matos,um ex-membro dos Ode Filípica (1989-1994) uma das primeiras bandas industriais portuguesas. Trabalhando em vários projectos de índole alternativa, como Plebe Sindicatum, C&C Corporation, Clínica do Medo, The Sixth Sense Disease, Circo Errechis Céptico ou Plaztik Leiria Bomberz e editando/publicando sob o nome de Berço Estandarte (a sua identidade oculta durante anos), Carlos Matos faz agora a sua maior aproximação ao formato canção desde que começou a compor música em 1987! O projecto Broto Verbo pretende juntar e equilibrar o espírito musical do punk/goth/electro/indie com a riqueza e poética abundância lexical da língua portuguesa...
As suas influencias sao tantas que vao desde o Industrial,ao Gothic Rock,passando pelo Post-Punk,Electro,Deathrock,punk ,enfim tudo aquilo que é postado neste blog.
Carlos Matos é um poeta....Escreve em revistas, blogs e jornais (destaque para o trabalho desenvolvido no Jornal de Leiria, onde assinou artigos semanais durante 14 anos). Entre Outubro de 1994 e Abril de 2008 realizou e apresentou, na Central Fm, o programa de rádio, UNIDADE 304. É dj (SUPER FURY DJ), aos sábados, no BEAT CLUB, em Leiria, onde é responsável pelas UNKNOWN PLEASURE NIGHTS. É Produtor e Relações Públicas do FESTIVAL FADE IN, organizado pela FADE IN – Associação de Acção Cultural, da qual é presidente.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Prazeres Ocultos Banner Link-Me